Não limite sua compaixão

Tem um documentário novo no Netflix que vale muito a pena ver, sobre Bill Gates. Bill foi uma das pessoas que moldaram o início do século XXI, marcado pela revolução digital. Ele é um exemplo perfeito de outlier: descomunalmente inteligente, disciplinado, diligente, criativo, ambicioso, energético, entusiasmado, resistente a estresse e afeito a riscos. Mas a... Continuar Lendo →

Considere o improvável

Crianças abaixo de dois anos com infecção de urina não conseguem elaborar os sintomas clássicos da infecção de urina que nós, adultos, conseguimos. Não se diagnostica infecção de trato urinário (vulgo ITU) em lactentes através de sintomas como ardência ao urinar e aumento da frequência de micção. Toda vez que um bebê tem febre sem... Continuar Lendo →

Você está errado

Imagine um baralho de 52 cartas. Depois de embaralhar, quais são as chances de todas as cartas do baralho estarem ordenadas de ás a rei? Quais são as chances de não estarem? Sem dúvidas, as chances de estarem desordenadas são bem maiores. Isso tem um pouco a ver com a entropia do universo. Simplesmente, as... Continuar Lendo →

Por que há algumas drogas legais e outras ilícitas?

Legalizar as drogas não é uma panaceia. Muito menos proibi-las. E a forma como escolhemos quais drogas proibir não faz sentido.

Just flip a coin

Quando eu escrevi Medicina, tatuagem, dor e arrependimento, alguns leitores me procuraram para perguntar:  “Então, como eu vou escolher qual curso fazer? Se você fala que não se deve escolher por gosto ou por medo de um futuro insatisfatório, como fazer essa escolha, já que ela deve ser feita de alguma forma?”. E eu não... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑