Divagarte-se #3

Clique para ouvir o poema na voz da autora.

 

Divã

Escrever é a minha terapia,

Me alivia.

Transforma minha alma e me faz calma.

Olha o quão bobo é esse poema,

Versinhos que eu escrevo apenas pra me acalentar e me ajudar a passar pelas mazelas da vida.

É como um remédio na hora ruim,

E quando a tristeza já não cabe em mim,

Eu escrevo.

E aí eu fico leve como vento

E aquele enorme desalento já não parece tanto

E o meu desencanto se torna menor

Eu sei que parece loucura que a minha desventura se vá assim

E talvez até seja, e eu de fato esteja louca,

Mas quando desgraça não é pouca

Você já tentou escrever

escrevr.jpg

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑