Poemas para ler ao pé do ouvido #4

Clique para ouvir o poema na voz do nosso colega Felippe.

 

Canto do fim do mundo 

Eu sou o guardião da esperança

Desde a criação do mundo

 

Ainda no escuro

Esperei a mágica da luz se fazer 

E, com sede

Contemplei a criação dos mares e dos rios de água doce 

 

Aguardei atento a gênese da beleza

Que se manifestou nas flores

E nos animais silvestres 

E até mesmo no sétimo dia 

Quando descansavam 

Permaneci em vigília 

Ansiando pelos crescimento dos homens

Mulheres e seus filhos 

Quando o amor emergiu 

 

A esperança, em mim

Nunca é angústia ou desespero 

Mas se assemelha à paciência 

Dos espíritos antigos 

Habituados à solidão

E ao sossego 

 

Eu guardei a esperança 

De muitos bilhões de anos

Sem esperar que

No fim de tudo 

Encontrasse você

fim do mundo.jpeg

Um comentário em “Poemas para ler ao pé do ouvido #4

Adicione o seu

Deixe uma resposta para Raiana Vinhal Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑