a mala amarela

Uma das músicas que mais me emocionam, desde que eu sou bem novo, é Mala amarela. Eu já falei sobre isso no blog: músicas que falam sobre família me emocionam, principalmente quando são religiosas ou sertanejas.

Neste caso, Mala amarela é a versão paterna de No dia que eu saí de casa. Assista com cuidado. Você pode chorar.

O texto abaixo foi inspirado por meu pai e meus tios, irmãos dele.

Fiquem com ele. Eu vou ali pegar uma dipirona.

a mala amarela

meu pai foi o quinto menino a nascer de minha avó. depois dele, veio uma menina, minha tia, que quase vira mula-sem-cabeça. os outros são todos homens.

mala amarela

Opa! Conteúdo exclusivo para assinantes!

Pelo preço de um lanche, você tem acesso a meu conteúdo mais inteligente, ácido e polêmico. Inclusive este texto, que tá animal.

E o mais importante: você ajuda o blog a se manter e crescer!

Se não puder, tudo bem. Só de comentar com os amigos e compartilhar nas redes sociais, já estará ajudando demais. E você continua tendo acesso à maioria dos meus textos.

Mas se você gosta do que escrevo, se meu conteúdo tem valor para você e se não for fazer falta, considere ser um assinante do blog.

Você não vai se arrepender e eu serei muito grato.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑