Divagarte-se #9

Clique para ouvir o poema na voz da autora.

Bêm vindo 

A campainha tocou 
Não esperava visita 
Olhei pra guarita e vi você 
“Uma visita rápida”, eu pensei 
“Não deve passar do portão.” 
“Ué… tá bem, ficamos na varanda, então.” 
Você pediu para entrar 
Titubeei, mas deixei 
Que bom que deixei! 
Chegamos na sala, 
e quando dei por mim, 
se esparramou no sofá 
“Será que ele pretende ficar?” 
Arrepiei quando olhou para mim 
E torcendo para que fosse assim, 
sorrindo eu perguntei: 
“Você fica essa noite?”

bem vindo
Foto de © Jorge Royan / http://www.royan.com.ar / CC BY-SA 3.0.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑