Carnivorismo e vegetarianismo

Nosso mundo tem um grande problema que me faz gostar muito do vegetarianismo: a crueldade com que os animais de fazenda são tratados em nosso mundo. Mas essa não é a única coisa boa da dieta livre de carne.

Os benefícios do vegetarianismo

Vegetarianos em geral são mais saudáveis do que onívoros, ou seja, morrem menos de câncer, doença cardiovascular e diabetes. Mas eu tenho bons motivos para supor que isso se deve ao maior cuidado que os vegetarianos costumam ter com a própria saúde, e não com a abstinência de carne em si.

A dieta vegetariana também é mais eficiente ambientalmente, ou seja, devemos intervir menos na natureza para produzir uma dieta vegetariana do que uma dieta equivalente onívora. Produzir mil calorias de vegetais é menos custoso do que produzir mil calorias de bife.

Além disso, o baixo custo da dieta vegetariana também se aplica a seu custo humano e monetário. Se o mundo inteiro não comesse carne, nossas dietas seriam mais baratas em termos financeiros também.

Por que ser vegetariano

Mas isso tem uma importância marginal para mim. O grande motivo pelo qual eu gosto do vegetarianismo é a questão dos animais de fazenda mesmo.

Para mim, parece que comer carne pode ser imoral.

carnivorismo e vegetarianismo

***

Ops! Acesso restrito!

O final deste texto é de acesso restrito aos assinantes do blog.

Assinantes são leitores que acreditam no valor do blog e contribuem para seu crescimento doando uma pequena quantia por mês. Em contrapartida, eles têm acesso a nosso conteúdo mais inteligente, ácido e polêmico.

Se você gosta do blog, considere ser um assinante. É só clicar no botão aqui embaixo.

Se quiser ler este texto (ou outro material restrito) e não puder assinar o blog, mande um e-mail para nicolasteixeiracabral@gmail.com dizendo seu nome e o texto que deseja ler, e eu vou enviar uma cópia para você. Sem questionamentos, sem segundas intenções, quantas vezes forem necessárias.

3 comentários em “Carnivorismo e vegetarianismo

Adicione o seu

  1. Não é sobre um bem maior ou sobre vegetarianos cuidarem melhor da própria saúde. Existem estudos consistentes sobre substâncias deletérias relacionadas ao consumo de carne (aminoácidos derivados do enxofre, TMAO e as que estão relacionadas à bioacumulação). Além disso, apesar da quantidade de proteínas, uma dieta carnívora não está necessariamente relacionada a uma baixa ingesta calórica (e a concentração de gorduras?). Claro que a dieta vegetariana tem seus contras, mas limitar-se à noção de crueldade em relação aos animais para defendê-la parece um pouco fútil da sua parte.

    Curtir

    1. Eu não disse que é a única razão, disse que é a minha razão. Tem gente que não come carne pq é ambientalmente mais sustentável, e isso faz sentido, mas tbm não é algo que me motiva neste momento.

      E a carne realmente tem compostos deletérios e alguns tipos de carne parecem aumentar a incidência de certas doenças, mas a nível populacional isso não faz diferença. No fim, vegetarianos vivem o mesmo que onívoros que têm o mesmo estilo de vida (não fumam, se exercitam etc.). Pelo menos foi o que concluí quando estudei o assunto. No meu blog antigo tem um resumo dos artigos que li, várias revisões sobre a relação entre vegetarianismo e DM, DCV, CAs etc.

      Curtir

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑