Divagarte-se #15

O que eu sou?
Uma coleção de erros passados
fadados a permanecer?
Ou uma infinidade de decisões futuras
conjunturas que eu posso escolher?

É desumano resumir-me a meu passado e é utópico ignorá-lo
O que foi é um fardo e o que é é um regalo
Eu sou fatos e possibilidades
Somos sonhos e realidades

Não posso mudar o passado
Melhor então que eu aceito de bom grado
Pois o sou tanto quanto sou agora
Tomo-lhe por professor, e assim me liberto

Já fui erros, já fui acertos
já fui o melhor e o pior de mim
e sigo sendo assim.

Sou tudo que já fui, mas sou ainda o que posso ser
Sou tudo que passei e o que posso aprender
Sou porque já fui
Serei o que empreender

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑