Eu sou o caso deles

Monte Carmelo, MG, 21 de outubro de 2020.

09:58. Eu! Sou! O caso! Deles! Sou eu que esquento a vida deles.

Eu gosto de como esse verso é cantado. Forte em cada sílaba, visceral, energético. Parece muito o “Nem! Sem-pre! Se vê!” de Me Chama. Mas um pouco menos marcado.

Essa é uma das músicas da minha vida: minha véia é louca por mim; meu pai, por sua vez, se liga na minha e nos botecos onde passa não dá outro papo.

Eu sou o caso deles.

Novos Baianos

Ops! Acesso restrito!

O final deste texto é de acesso restrito aos assinantes do blog.

Assinantes são leitores que acreditam no valor do blog e contribuem para seu crescimento doando uma pequena quantia por mês. Em contrapartida, eles têm acesso a nosso conteúdo mais inteligente, ácido e polêmico.

Se você gosta do blog, considere ser um assinante. É só clicar no botão colorido aqui embaixo.

Se quiser ler este texto (ou outro material restrito) e não puder assinar o blog, mande um e-mail para nicolasteixeiracabral@gmail.com dizendo seu nome e o texto que deseja ler, e eu vou enviar uma cópia para você. Sem questionamentos, sem segundas intenções, quantas vezes forem necessárias.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑