Dá para ficar milionário no Brasil (de forma honesta)?

Sinceramente, é possível sim.

Não é fácil. Normalmente demora bastante e requer muito trabalho e uma boa dose de sorte, também.

Também é mais difícil quanto mais longe você está de ser um milionário no começo da sua jornada.

Um caminho razoavelmente seguro seria (1) ter a sorte de ter uma educação de razoável para boa no início da vida; (2) conseguir, com isso, entrar em uma faculdade boa; (3) conseguir um bom trabalho; (4) galgar cargos até chegar a um nível de alta gerência em uma grande empresa, e lá ficar por vários anos. Tudo isso mantendo um estilo de vida econômico e investindo seu dinheiro com uma sabedoria “nível normal” — quero dizer, o dinheiro vai crescer, mas a maioria do seu dinheiro vai ainda ter vindo do seu trabalho, e não dos investimentos.

O item (1) é a loteria da vida: as chances de você ter acesso a esse ‘bem’ dependem da sorte de nascer bem posicionado. Daí para frente, (2), (3) e (4) dependem em boa dose do mérito da pessoa, e em outra boa dose também de sorte, já que é muito mais viável conseguir percorrer esse caminho em épocas de bonança econômica do que em tempos de crise.

Incidentalmente: nos exemplos de vida que eu pude testemunhar até hoje, os itens (3) e (4) podem ser substituídos, também, por “passar em um bom concurso público e trabalhar por vários anos”.

Nesses cenários, ressalvados acidentes graves de percurso (“má sorte”), depois de um período que provavelmente variaria entre 15 e 40 anos, é bem possível ter amealhado um patrimônio de R$ 1 milhão (não sei se é esse o patamar mínimo para ser considerado milionário, mas me parece um critério razoável).

Eu conheço múltiplos exemplos de pessoas que cumpriram esses passos e muito provavelmente já alcançaram esse objetivo, ou estão muito bem encaminhados para alcançá-lo. Evidentemente, se seu ponto de partida é “família de classe média”, tudo isso é muito mais factível e tranquilo de se atingir do que se você começa mais de baixo em termos de disponibilidade de recursos e acesso a uma boa educação.

Além desse caminho, tenho conhecidos que também atingiram patamar de conforto patrimonial por outra via: são excelentes vendedores. Essa é uma via que certamente pode levar à prosperidade, porque um bom vendedor, que tenha um bom produto ou serviço nas mãos para vender (que pode ser seu próprio ou de um empregador), tem enorme potencial de geração de riqueza. Isso, evidentemente, não é para qualquer um. Acho que é preciso ter uma certa habilidade inata (ou adquirida cedo) para ser um vendedor excepcional. Eu p.ex. não acredito muito na minha própria capacidade de gerar riqueza por essa ‘via’.

milionario e jose rico

Publicado originalmente aqui.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑