Você ajuda uma empresa se investir em suas ações?

Se por “investir em suas ações” você se refere a “comprar” ações de uma companhia, então, a resposta é sim.

Os detalhes da resposta variam de acordo com a ocasião em que você faz a compra:

Compra em um IPO

Um IPO é uma oferta pública inicial, em que a companhia emite nova ações em troca de dinheiro.

Neste caso, a “ajuda” é a mais clara possível: o dinheiro que o investidor “põe” na ação vai direto para o caixa da companhia, que vai utilizá-lo, presumivelmente, para as atividades que estiverem listadas no prospecto da oferta.

Compra no mercado secundário

No entanto, na maior parte dos dias, quando não há um IPO, a compra de ações ocorre no chamado mercado secundário. Ou seja, se você compra uma ação, não a está comprando diretamente da companhia emissora, e sim de outro acionista. É uma ação “de segunda mão”.

Neste caso, como seria de se imaginar, o dinheiro gasto na compra não vai para o caixa da companhia, e sim para o bolso do vendedor.

A “ajuda” é mais discreta. Em tese, cada oferta de compra de ações contribui para duas coisas: (1) ela cria uma pressão para que o preço da ação suba; e (2) ela dá uma oportunidade para outra pessoa vender uma ação que já tenha.

Uma subida do preço da ação em geral não gera nenhum benefício direto para a empresa. Não deixa de ser uma sinalização de que compradores e vendedores acreditam no futuro da companhia, mas nenhum dinheiro entra no caixa da companhia pelo mero fato de a ação ter subido (inclusive pode ocorrer o contrário: o bom desempenho no mercado pode disparar gatilhos de remuneração variável para altos executivos, fazendo com que a companhia gaste dinheiro).

No entanto, se a companhia estiver precisando “tomar” mais dinheiro para financiar suas atividades, o fato de as ações serem negociadas a um preço alto facilitará a realização de uma eventual nova oferta primária, que, por sua vez, permitirá que a companhia arrecade mais dinheiro para suas atividades. Quanto mais a ação estiver “bombando”, mais fácil pode ser convencer outros investidores a investir nela, ou mesmo convencer os investidores atuais a colocarem mais dinheiro. Ela se aproveita (no bom sentido) de sua boa reputação junto a investidores, portanto, para conseguir captar dinheiro, se necessário.

Além disso, quanto mais a ação vale, menos ações ela precisa emitir para captar a mesma quantidade de dinheiro. Por isso, em uma eventual nova oferta primária, seus outros acionistas também se beneficiam: em cada oferta primária, os outros acionistas são “diluídos”, tendo uma redução em sua participação percentual no capital da companhia. Quanto mais alto o preço da ação, menor será essa diluição, já que a companhia pode captar o dinheiro que precisa emitindo menos ações. Os acionistas em teoria ficam mais satisfeitos, criando um ‘círculo virtuoso’ de valorização.

“Investir vendendo”

Finalmente… “Investir em ações” também pode significar fazer uma operação em que você aluga uma ação e vende.

Faz-se esse tipo de operação quando se acredita que o preço da ação vai cair. De fato, ao postar-se no sistema da bolsa uma oferta de venda, o investidor em tese está contribuindo para que o preço da ação caia, o que, tendo em vista o que foi dito acima, pode não ser positivo para a companhia.

No entanto, essas operações também contribuem para um aumento da liquidez das ações no mercado. No caso, facilitam a vida de quem quer comprar uma ação da companhia, tornando o mercado para essa ação mais eficiente.

E… A liquidez de uma ação é um item que se leva em consideração na decisão de incluir uma ação em um índice (Dow Jones, Ibovespa etc.). E… A inclusão de uma ação nesses índices costuma gerar uma alta na sua cotação, porque existem fundos de investimento que se especializam em replicar em suas carteiras as composições teóricas dos índices, o que significa que a entrada da ação em um índice cria automaticamente uma pressão compradora, que impulsiona o preço para cima. Neste ponto, vide o “capítulo” anterior dessa resposta para entender como isso pode acabar sendo indiretamente benéfico para a companhia.

bolsa

Publicado originalmente aqui.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑