Por que, para a esquerda, trabalhar com aplicativos de entrega é subemprego?

O que você prefere? Levar 50 golpes com um taco de beisebol ou 15 golpes? Se você for obrigado a escolher, com certeza irá escolher levar 15 golpes. Mas na verdade você não quer apanhar. É disso que se trata um contrato de trabalho.

Eu aprendi na escola que no começo do Brasil Colônia, tentou-se escravizar os índios para que eles trabalhassem extraindo pau-brasil e nas plantações de cana de açúcar. Ninguém ofereceu um contrato de trabalho aos povos indígenas.

Fizeram propaganda de que os índios eram preguiçosos e inferiores depois disso. Quando na verdade eles só conheciam o terreno e sabiam escapar dos capatazes. Por isso foram buscar mão-de-obra em outro lugar: na África.

De novo, ninguém ofereceu contrato de trabalho a esses povos. Eles foram capturados e trazidos ao Brasil a força, trabalhando em regime de escravidão por mais de 300 anos.

A propósito, esse foi o período de maior liberdade econômica que o Brasil teve. Nessa época até seres humanos podiam ser comercializados e usados como uma mercadoria qualquer. Afinal, os escravos eram mera propriedade privada dos senhores de engenho. E de qualquer um que pudesse pagar por eles.

escravo
Exemplo de entrevista para trabalhar sem leis trabalhistas.

Quando começou o novo ciclo de imigração com os europeus, aqueles que não foram assentados nas regiões mais remotas do Brasil do século XIX foram trabalhar nas fazendas e, adivinha, sem um contrato de trabalho. Tudo acertado “verbalmente” enquanto a aristocracia rural enriquecia de forma absurda

Foi finalmente com Getúlio Vargas que foram introduzidas as primeiras leis trabalhistas no Brasil em 1943. Depois de mais de 440 anos de exploração do trabalho!

Então a lógica é:

Trabalho regido por leis trabalhistas > Trabalho informal > Trabalho escravo

Porque o trabalho escravo não deixa de ser uma forma de trabalho informal. E o trabalho informal abre essas brechas perigosíssimas, com a possibilidade de subempregos cada vez mais semelhantes ao regime de escravidão:

Pode parecer exagero aos olhos dos liberais, mas quando alguém está desesperado por comida e um teto acima da cabeça, a idéia de trabalhar em uma senzala do século XXI não parece tão ruim. E dessa forma voltamos aos tempos sombrios de antes da CLT.

Publicado originalmente aqui.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑