As duas grandes metas do ano

Uberlândia, 15 de janeiro de 2021.

Perché la vita è un brivido che vola via, è tutto un’equilibrio sopra la follia.

Em janeiro de 2020, eu estava conversando com meus colegas de sala sobre as provas de residência médica (que faríamos no final do ano) e eu disse que tinha dois grandes objetivos para 2020:

  1. Emagrecer (o primeiro e mais importante);
  2. Passar na residência médica.

Hoje, estou nove quilos mais magro do que estava um ano atrás. Este final de semana fui a São Paulo fazer a prova do SUS São Paulo e fui bem: fiz 81 questões em 100. Estou confiante de que vai dar certo. Se der, minhas duas grandes metas de 2020 serão cumpridas, apesar de tudo.

***

Uma coisa que tem que sair em 2021 são os podcasts. Eu criei três projetos de podcast em 2020, e nenhum deles saiu do papel completamente: o podcast do blog (os textos lidos e comentados), um podcast literário em parceria com Nayani e Renan, e um podcasts de entrevista (ao qual meu amigo Biloca veio somar).

Fico imensamente feliz de dizer que pelo menos um desses podcasts sairá do papel: em breve, os textos do blog estarão disponíveis em formato de podcasts, com comentários sobre eles. Eu tenho certeza disso (na medida em que se tem certeza de qualquer coisa nesta vida) porque fui contemplado no Programa Municipal de Incentivo à Cultura 2020 (para exercício em 2021): a Secretaria de Cultura investirá 11.950 reais ao longo deste ano para me ajudar nesse projeto.

Conseguir o PMIC não era uma das grandes metas de 2020, mas eu fiquei muito feliz de saber que deu certo. As coisas estão indo bem. As coisas estão indo muito bem.

Aliás, tenho dois amigos que também foram contemplados: João Barão e José Renato. Ambos autores já publicados por aqui.

Mas os outros dois projetos também devem sair! Ainda não sei como, mas devem. O projeto de entrevistas com Biloca (Ubercast? Bilocolau? Zero-34? Ainda não sei o nome…) está em fase final de contemplação (rs) e o podcast literário já tem doze episódios planejados (só falta roteirizar e depois o Renan faz a mágica de transformar tudo em áudio).

***

Mas talvez meu grande objetivo não seja nada disso. Talvez eu queira relaxar. Talvez meu grande objetivo seja passar um tempo na Bahia.

Talvez eu queria tocar bandolim.

E eu nem sei o que é um bandolim.

***

O blog foi muito bem em 2020, apesar de não ter havido nenhuma grande meta sobre isso. O número de acessos cresceu mais do que eu poderia imaginar, o número de textos publicados explodiu e eu trouxe vários novos autores para cá. Estou muito feliz. Também comecei o processo de monetização do blog, ainda muito incipiente, mas com planos de crescer em 2021, se deus quiser.

2020 foi abençoado para mim, apesar de tudo. Formei, emagreci, saí bem nas provas, o blog cresceu, ganhei o PMIC… Nenhuma grande tragédia se abateu sobre mim: não perdi ninguém querido, não adoeci, não cortei laços com pessoas importantes…

Parece até que tudo está bem demais. Parece que estou diante da ilusão das águas de superfície calma, mas fundo turbulento.

Não que eu esteja com medo de algo acontecer. Eu sei que algo ruim vai acontecer eventualmente. E pode ser agora. Mas eu simplesmente não sei.

Alguém querido pode morrer. Eu posso adoecer. Tudo pode ruir. Um asteroide pode cair sobre a Terra. Eu posso estar entre aqueles poucos infelizes que, mesmo jovens e saudáveis, são ceifados pela COVID-19.

Mas, como diria Alex Castro, enquanto surfo esta onda de boa fortuna, sem COVID-19, sem morte, sem ruína e sem asteroide, coisa posso fazer senão aproveitar esta jaboticaba maravilhosa (que são seus olhos).

Feliz 2021.

Texto exclusivo para assinantes.

O texto na íntegra é exclusivo para assinantes.

Assinantes são leitores que acreditam no valor do blog e contribuem para seu crescimento doando uma pequena quantia por mês. Em contrapartida, eles têm acesso a nosso conteúdo mais inteligente, ácido e polêmico.

Se você gosta do blog, considere ser um assinante. É só clicar no botão colorido aqui embaixo.

Se quiser ler este texto (ou outro material restrito) e não puder assinar o blog, mande um e-mail para nicolasteixeiracabral@gmail.com dizendo seu nome e o texto que deseja ler, e eu vou enviar uma cópia para você. Sem questionamentos, sem segundas intenções, quantas vezes forem necessárias.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑