Da morte apenas nascemos

Vinicius de Moraes não nos deixou realmente uma obra filosófica. Ele tinha um gênio desorganizado e hedonista demais para longas prosas profundas. Seu talento foi empregado mais em curtas crônicas, poemas e letras de músicas, através dos quais temos uma janela para qual teria sido sua filosofia. Um dos meus poemas preferidos, de Vinicius e... Continuar Lendo →

Fevereiros

Em fevereiro é meu aniversário. Aniversários são dias comuns, pois nada especial acontece. Eventualmente você se torna legalmente capaz de fazer algo ou sofrer alguma sanção, mas isso é exceção, e é tanto uma simples convenção social quanto o é a sua “data de nascimento” em si. No mais, os pássaros continuam piando, a chuva... Continuar Lendo →

Nós, os vivos

Ontem, o astro da NBA Kobe Bryant morreu inesperadamente e tragicamente em um acidente de helicóptero, que levou também sua filha de nove anos e outras sete pessoas. Essa triste notícia me lembrou o texto abaixo, que é de Victor Lisboa, uma de minhas maiores inspirações literárias. Vale a pena conferir. Grifos meus. “A morte,... Continuar Lendo →

Não limite sua compaixão

Tem um documentário novo no Netflix que vale muito a pena ver, sobre Bill Gates. Bill foi uma das pessoas que moldaram o início do século XXI, marcado pela revolução digital. Ele é um exemplo perfeito de outlier: descomunalmente inteligente, disciplinado, diligente, criativo, ambicioso, energético, entusiasmado, resistente a estresse e afeito a riscos. Mas a... Continuar Lendo →

Considere o improvável

Crianças abaixo de dois anos com infecção de urina não conseguem elaborar os sintomas clássicos da infecção de urina que nós, adultos, conseguimos. Não se diagnostica infecção de trato urinário (vulgo ITU) em lactentes através de sintomas como ardência ao urinar e aumento da frequência de micção. Toda vez que um bebê tem febre sem... Continuar Lendo →

Você está errado

Imagine um baralho de 52 cartas. Depois de embaralhar, quais são as chances de todas as cartas do baralho estarem ordenadas de ás a rei? Quais são as chances de não estarem? Sem dúvidas, as chances de estarem desordenadas são bem maiores. Isso tem um pouco a ver com a entropia do universo. Simplesmente, as... Continuar Lendo →

Just flip a coin

Quando eu escrevi Medicina, tatuagem, dor e arrependimento, alguns leitores me procuraram para perguntar:  “Então, como eu vou escolher qual curso fazer? Se você fala que não se deve escolher por gosto ou por medo de um futuro insatisfatório, como fazer essa escolha, já que ela deve ser feita de alguma forma?”. E eu não... Continuar Lendo →

As 42 regras de Jordan B. Peterson

Jordan B. Peterson é professor de psicologia na Universidade de Toronto (Canadá), psicólogo clínico e escritor. O texto a seguir foi publicado originalmente em inglês em “What are the most valuable things everyone should know?”. *** Diga a verdade. Não faça coisas que você odeia. Aja de forma que você possa dizer a verdade sobre... Continuar Lendo →

a vida não serve para ser feliz

recentemente, uma leitora me chamou para perguntar sobre um texto. era aquele que falava que não importa se você gosta de medicina ou não, que se preocupar se você está no curso certo é narcisismo, que a vida não serve para ser feliz, mas simplesmente para ser vivida etc etc. e aí ela me perguntou... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑